Testemunho

Henry J. Kellermann descreve as reações dos réus durante o Julgamento de Nuremberg

Henry recebeu o título de Doutor em Direito pela Universidade de Berlim, em 1937. Auxiliado pelo rabino da Congregação Hebraica de Baltimore, Henry imigrou para os Estados Unidos naquele mesmo ano. Em 1945, o Escritório de Serviços Estratégicos, conhecido como OSS (Office of Strategic Services), o designou para elaborar material destinado aos julgamentos do Tribunal Militar Internacional, em Nuremberg, Alemanha. Para tal, ele teve a oportunidade de interrogar vários réus e testemunhas. Após a Guerra, ele ocupou vários cargos diplomáticos.

Transcrição

Durante o julgamento, projetamos o filme "Death Mills", um documentário [nazista] que encontramos e que mostrava cenas originais de alguns campos de concentração e algumas cenas do gueto de Varsóvia. Nós escurecemos a sala das audiências e direcionamos algumas luzes sobre os rostos dos 22 réus. Tive então a oportunidade de ficar observando as expressões faciais deles enquanto o filme exibia toda aquela brutalidade. Foi incrível como eles reagiram. [Hermann] Goering nem olhou para tela, [Rudolf] Hess também não. [Hjalmar] Schacht, que durante todo o julgamento afirmou que nunca esteve ligado às atrocidades, virou as costas para a tela e cruzou os braços, para indicar que ele nem sequer estava presente...durante o período nazista. [Hans] Frank, o "Carniceiro da Polônia", começou a chorar. [Fritz] Sauckel também, era ele quem coordenava o trabalho dos prisioneiros. A única pessoa que olhou para a tela com evidente alegria e prazer foi [Julius] Streicher, que era o Gauleiter [líder nazista regional] da Bavária e Francônia, que havia sido o editor e dono de um jornal desprezível, o Stuermer [O Atacante], que também poderia ser chamado de Tropa de Assalto. O que ele viu, para ele, foi o show dele mesmo. Ele se sentiu totalmente orgulhoso do que viu naquele filme.


Tags


  • US Holocaust Memorial Museum Collection
Ver detalhes arquivísticos

Dividir

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.