Crianças Escondidas: Escolhas

Por diferentes razões, a grande maioria dos judeus que vivia nas areas européias ocupadas pela Alemanha nunca teve como se esconder dos nazistas. Esconder-se significava abandonar os familiares, arriscar punições imediatas e severas caso fossem apanhados, e havia a dificuldade em encontrar pessoas ou famílias dispostas a oferecer-lhes abrigo. Muitos judeus, certamente mantinham viva a chama da esperança de que a ameaça da morte passaria ao largo ou de que conseguiriam sobreviver até a vitória dos Aliados.

Infelizmente, a disposição ou capacidade das populações não-judaicas para ajudar os judeus eram bem menores do que o desejo veemente dos nazistas de destruí-los. Mesmo nos países em que o ódio pelos invasores alemães era profundo, o sentimento anti-nazista não necessariamente fez com que a população ajudasse aos judeus e outras vítimas dos alemães. Os nazistas retratavam os judeus como portadores de doenças contagiosas, criminosos ou agentes "Bolcheviques” [OBS: comunistas] ansiosos para subverter a sociedade europeia. Os nazistas também desencorajavam qualquer tentativa de auxílio aos perseguidos, ameaçando aqueles que os ajudassem com penalidades muito severas.

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.