Detalhes
Artefato

Depoimento assinado por Rudolph Hoess

Depoimento assinado por Rudolf Hoess declarando que havia ocorrido o assassinato de judeus através de sufocamento por emissão de gás enquanto ele era o comandante do campo de extermínio de Auschwitz. O texto em alemão diz: "Eu declaro pelo presente e sob juramento que de 1941 a 1943, durante o período em que eu comandava o Campo de Concentração de Auschwitz, 2 milhões de judeus foram enviados para as câmaras de gás onde morreram envenenados e que 500.000 judeus foram mortos por outros métodos. Rudolf Hoess. 14 de maio de 1946". A confissão também tem a assinatura de Josef Maier, oficial do gabinete do Chefe do Conselho dos Estados Unidos. O documento original está exposto no terceiro andar da Exposição Permanente no Museu Estadunidense Memorial do Holocausto.


Tags


  • US Holocaust Memorial Museum, courtesy of Joseph Maier
Ver detalhes arquivísticos

Share This

Hoess affidavit [LCID: 2005zfer]