Detalhes
Mapa

Viagem do "St. Louis" de 13 de maio a 17 de junho de 1939

As dificuldades enfrentadas pelos refugiados judeus alemães, perseguidos em sua própria pátria e indesejados no exterior, são bem demonstradas através da viagem do transatlântico alemão SS "St. Louis". Em 13 de maio de 1939, o SS "St. Louis" partiu da Alemanha com quase 1000 refugiados judeus a bordo. Seu destino era Cuba, cujo governo havia se comprometido a recebê-los mas, mesmo antes que chegassem ao porto, o governo cubano revogou a permissão para o navio atracar. O "St. Louis" foi então forçado a retornar para a Europa em junho de 1939. A Grã-Bretanha, a França, a Bélgica e a Holanda concordaram em aceitar os refugiados abandonados à sua própria sorte. Entretanto, em 1940, depois que as forças alemãs ocuparam o oeste europeu, muitos dos passageiros do "St. Louis", bem como outros refugiados judeus que haviam ido para aqueles países em busca de refúgio, foram capturados pelas engrenagens da Solução Final, o plano nazista para dizimar todos os judeus da Europa.


  • US Holocaust Memorial Museum

Dividir

Retornar ao artigo

Voyage of the "St. Louis," May 13-June 17, 1939 [LCID: wor78050]

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.