Testemunho

James Rose, veterano de guerra norte-americano, descreve suas impressões quando da liberação de Dachau

James A. Rose, de Toledo, Ohio, durante a Guerra serviu ao exército norte-americano na 42ª Divisão de Infantaria.

Transcrição

Estávamos marchando para... estávamos perseguindo os alemães. O final da Guerra se aproximava e aquele dia era 20 de abril de 1945. Um sargento apareceu e disse para todos nós: "Verifiquem as suas máscaras de gás. Estamos indo para uma cidade que dizem ter um depósito de gás que está minado". Então prosseguimos para aquela cidade, Dachau, e parte da nossa divisão, o 222º Regimento, tinha tropas libertando o campo. Enquanto caminhávamos rumo ao portão principal, eles abriram todos os prédios [e barracas onde estavam os prisioneiros] e eu vi milhares de pessoas que pareciam esqueletos, com a pele colada nos ossos. Elas estavam imundas, elas fediam, e só de olhar para elas, algumas já quase mortas, pudemos entender o porque daquela Guerra e o porque estávamos participando dela.


Está página também está disponível em

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.