Detalhes
Mapa

Principais campos para deslocados de guerra judeus, 1945-1946

Após a Segunda Guerra Mundial, centenas de milhares de sobreviventes judeus permaneciam em campos para deslocados de guerra estabelecidos na Alemanha (ocupada pelos Aliados), na Áustria e na Itália. Os Aliados haviam criado aqueles campos para abrigar os refugiados que aguardavam a oportunidade de sair da Europa. A maioria dos sobreviventes judeus queria emigrar para a área do Mandato Britânico conhecida pelo nome que os romanos impuseram, Palestina, mas muitos deles preferiam ir para os Estados Unidos. Eles decidiram permanecer naqueles campos até poderem sair da Europa. No final de 1946, o número de judeus deslocados de guerra era estimado em 250.000, dos quais 185.000 estavam na Alemanha, 45.000 na Áustria e 20.000 na Itália. A maioria dos judeus era composta por refugiados poloneses, muitos dos quais haviam fugido dos alemães para o interior da União Soviética durante a Guerra. Outros sobreviventes judeus vivendo naqueles campos haviam vindo da Tchecoslováquia, da Hungria e da Romênia.


  • US Holocaust Memorial Museum

Dividir

Retornar ao artigo

Major camps for Jewish displaced persons, 1945-1946 [LCID: ger78150]

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.