Testemunho

Edward Adler descreve sua detenção e aprisionamento na Alemanha, antes da Guerra, por se relacionar com uma mulher não judia

Edward nasceu em uma família judia em Hamburgo. Em 1935, as Leis de Nuremberg proibiram casamentos ou relações sexuais entre alemães não-judeus e judeus. Edward tinha uns 25 anos. Ele foi preso por ter namorado com uma mulher que não era judia. Classificado como um infrator frequente, ele foi deportado posteriormente para o campo de concentração de Sachsenhausen, próximo a Berlim. Ele foi forçado a trabalhar em projetos de construção. Edward havia se casado um pouco antes da sua prisão e sua esposa fez arranjos para que emigrassem da Alemanha. Em setembro de 1938, Edward foi solto e deixou a Alemanha. Ele ficou com parentes em Amsterdã, na Holanda, e depois emigrou para os Estados Unidos.

Transcrição

  • US Holocaust Memorial Museum Collection
Ver detalhes arquivísticos

Thank you for supporting our work

We would like to thank Crown Family Philanthropies and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.