Testemunho

Edward Weiss descreve Dachau logo após a libertação

O soldado Edward S. Weiss, que morava em Gaithersburg, Maryland, estava no campo de concentração de Dachau, momentos depois de sua liberação.

Transcrição

A guerra terminou comigo nas proximidades de Dachau, por volta do dia 5 de maio. Eu estava com um pequeno grupo que havia ido para o campo de concentração de Dachau para estabelecer contato com a unidade do hospital das forças armadas alemãs que, duas semanas antes, havia substituído a unidade norte-americana no hospital. Um das minhas tarefas era de, todas as manhãs, recolher e descartar os cadáveres dos alojamentos e do próprio hospital. E tudo isto era cuidadosamente registrado pela equipe alemã. Em uma manhã, quando eu entrei para pegar o relatório, um dos escreventes me disse que o relatório estava pronto, mas que ainda não estava assinado pelo coronel. Então eu tive de esperar alguns minutos até o coronel chegar. Fui para o fundo da sala e me sentei em uma das mesas e fiquei conversando com outros escreventes alemães. Quando o coronel finalmente entrou, um dos funcionários se levantou prontamente e o saudou: "Achtung," e o coronel respondeu "Heil Hitler." Então ele me viu neste uniforme da artilharia e, pela primeira vez, me convidou para entrar em seu escritório particular, onde me explicou o que eram reflexos condicionados e disse que como ele tinha respondido daquele jeito por mais de 15 anos, acabou se tornando um reflexo.


Está página também está disponível em

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.