Conferência de Wannsee e a “Solução Final” (Artigo Resumido)

Em 20 de janeiro de 1942, quinze oficiais de alto escalão do governo alemão e do Partido Nazista reuniram-se em uma mansão chamada Wannsee, em um subúrbio de Berlim, para discutir a implementação do que foi batizado como a "Solução Final da Questão Judaica". "Solução Final" era o codinome para a aniquilação física, sistemática e deliberada, de todos os judeus europeus. Em1941, Adolf Hitler autorizou aquele plano de extermínio em massa. Reinhard Heydrich, general das SS, convocou a Conferência de Wannsee com o intuito de (1) informar o que colocado para discussão entre os participantes e garantir seu apoio para a implementação da "Solução Final", e (2) para revelar que o próprio Hitler havia nomeado Heydrich e o Escritório Principal de Segurança do Reich para coordenar aquela operação. Os presentes à Conferência sequer discutiram se o plano deveria ou não ser implementado, limitaram-se a discutir sua implementação.

Por ocasião da Conferência de Wannsee, a maioria dos participantes já estava ciente de que o regime nazista havia iniciado o extermínio em massa de judeus e de cidadãos de outras etnias em áreas da União Soviética e da Sérvia ocupadas pela Alemanha. Nenhum dos oficiais se opôs à política da Solução Final anunciada por Heydrich. Os representantes das Forças Armadas da Alemanha e das Ferrovias do Reich não estiveram presentes naquela reunião. No início de 1941, as SS e a polícia já haviam negociado acordos com o Alto Comando do Exército alemão para o assassinato de civis, incluindo judeus soviéticos, antes da invasão da União Soviética. No final de setembro de 1941, Hitler havia autorizado as Ferrovias do Reich a transportarem judeus alemães, austríacos e tchecos para determinados locais na Polônia e na União Soviética, onde as autoridades alemãs completariam a tarefa matando a grande maioria dos prisioneiros.

Heydrich indicou que aproximadamente onze milhões de judeus europeus seriam submetidos às provisões da "Solução Final". Naquele número ele incluiu não só os judeus que moravam em áreas da Europa controlada pelos nazistas, mas também as populações judaicas do Reino Unido e de outras nações neutras, tais como a Suíça, a Irlanda, a Suécia, a Espanha, Portugal e a parte da Turquia europeia. Apesar dos eufemismos que aparecem nos protocolos daquela reunião, o objetivo da Conferência de Wannsee era muito claro para todos seus participantes: coordenar a política de genocídio voltada à aniquilação total dos judeus europeus.

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.