Testemunho

Morris Kornberg descreve o trabalho escravo logo após os alemães haverem invadido a Polônia

Morris, um judeu polonês, cresceu em um ambiente familiar muito religioso. Ele era também membro ativo em uma liga esportiva sionista. Quando os alemães invadiram a Polônia, em setembro de 1939, a cidade onde Morris vivia foi severamente destruída. A família de Morris foi forçada a viver em um gueto e Morris foi escravizado. Após um período de encarceramento em Konskie, uma cidade a 50 km de Przedborz, Morris foi deportado para o campo de Auschwitz, ficando preso no sub-campo de Jawischowitz. Em janeiro de 1945, Morris foi obrigado a participar de uma marcha da morte. Primeiro andou até o sub-campo de Troeglitz, parte do complexo de Buchenwald e, depois, para Theresienstadt. Após a guerra, ele permaneceu por algum tempo na [antiga] Tchecoslováquia e na Alemanha, e posteriormente emigrou para os Estados Unidos.

Transcrição

  • US Holocaust Memorial Museum Collection
Ver detalhes arquivísticos

Thank you for supporting our work

We would like to thank Crown Family Philanthropies and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.