O Terceiro Reich (Artigo Resumido)

A subida do nazismo ao poder colocou fim à República de Weimar, uma democracia parlamentarista estabelecida na Alemanha após a Primeira Guerra Mundial. Com a nomeação de Adolf Hitler como chanceler, em 30 de janeiro de 1933, a Alemanha (também chamada de Terceiro Reich) rapidamente transformou-se em um regime em que os cidadãos não mais possuíam direitos básicos garantidos pelas leis. A cultura, a economia, a educação e as leis passaram para o controle nazista. Uma ampla campanha de propaganda foi desenvolvida para disseminar os objetivos e ideais do regime.

Hitler tinha a última palavra na legislação nacional e na política exterior alemã. A política exterior nazista era guiada pela crença racista de que a Alemanha estava biologicamente destinada a expandir-se em direção ao leste europeu por meio da força militar [para tomar as terras de outros países e escravizar seus povos]. No contexto desta guerra ideológica, os nazistas planejaram e colocaram em prática o Holocausto, ou seja, o assassinato em massa dos judeus, considerados pelo regime como seus principais inimigos "raciais". As críticas abertas ao regime foram reprimidas, e o governo de Hitler era popular entre a maioria dos alemães. Os Aliados derrotaram a Alemanha nazista e ela rendeu-se em 8 de maio de 1945.

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.