Filme

Abertura dos Jogos Olímpicos de Verão, 1936

Em 1933, o chefe do Partido Nazista Adolf Hitler foi nomeado chanceler da Alemanha, e rapidamente transformou a frágil democracia daquele país em uma ditadura uni-partidária. A polícia efetuou prisões de oponentes políticos do regime, detendo-os sem processo legal em campos de concentração. O regime nazista também colocou em prática suas politicas raciais, as quais almejavam "purificar" e fortalecer a população alemã "ariana". Uma campanha implacável iniciou a exclusão dos 500 mil judeus alemães de todos os aspectos da vida nacional. Em agosto de 1936, quando Berlim sediava os Jogos Olímpicos de Verão, por duas semanas Hitler camuflou seus objetivos expansionistas e anti-semitas. Esperando impressionar aos muitos visitantes estrangeiros que foram à Alemanha para os Jogos, Hitler autorizou um breve afrouxamento das atividades anti-semitas (o que incluiu também a remoção das placas que barravam os judeus de locais públicos). Os Jogos foram uma propaganda de estrondoso sucesso para os Nazistas. Eles apresentaram aos visitantes a imagem de uma Alemanha pacífica e tolerante. Aqui, Hitler faz a abertura oficial dos Jogos Olímpicos de Berlim de 1936. Num novo ritual olímpico, um corredor solitário chegou carregando a tocha acesa no local onde os antigos gregos celebravam o evento, tocha esta passada por atletas de mão em mão até chegar a Berlim.

Transcrição

Eu anuncio a abertura dos jogos em Berlim, celebrando a 11ª Olimpíada de acordo com o novo calendário.


Tags


  • National Archives - Film

Dividir

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.