Filme

Soldados norte-americanos inspecionam Hadamar

Do ponto de vista nazista, "eutanásia" significava a eliminação daqueles a quem os nazistas consideravam "indignos de viver". Em 1941, a clínica psiquiatra de Hadamar era usada como um dos centros de extermínio por eutanásia na Alemanha. Os pacientes, selecionados pelos médicos alemães para passar por aquele processo de assassinato, eram levados para Hadamar ou para um dos demais estabelecimentos para serem mortos nas câmaras de gás. Mais de 10.000 pessoas foram envenenadas por gás em Hadamar antes do Programa de Eutanásia ser oficialmente interrompido. No entanto, mesmo depois de haver oficialmente terminado, os assassinatos por injeções letais continuaram a acontecer em Hadamar. Após a Guerra, os funcionários das forças armadas norte-americanas filmaram o estabelecimento e cuidaram dos pacientes que haviam conseguido sobreviver.


  • National Archives - Film

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.