Eva Brigitte Marum

Eva Brigitte Marum

Data de Nascimento: July 17, 1919

Karlsruhe, Alemanha

Eva Brigitte era a caçula dos três filhos de um casal judeu alemão que vivia na capital de Baden, estado situado às margens do rio Reno, no sudoeste da Alemanha. Chamada de Brigitte por suas amigas e colegas, e de "Brix" por sua família, ela cresceu em um lar secular [não religioso] e frequentou escolas públicas. Seu pai era líder do Partido Social-Democrata local.

1933-39: Em 1933, os nazistas foram até a casa dos Marum e prenderam o pai de Eva, pois ele era um ativista anti-nazista. Dois meses após o fato, sem esperar, ela o viu "desfilando" pelas ruas em um carro aberto, sendo públicamente humilhado na sua viagem para um campo de concentração. Depois disto, Eva recusou-se a continuar na escola. Após a morte de seu pai, ela e sua mãe emigraram para a França, em abril de 1934.

1940-43: Os franceses libertaram Eva de um campo de internação para inimigos estrangeiros, mas a situação piorou quando os alemães derrotaram a França em 1940. Em 1941, a irmã de Eva conseguiu passagens em um navio a vapor e vistos de saída para os Estados Unidos para as três (Eva, a mãe e a irmã), mas, como Eva estava grávida de nove meses, os oficiais do navio não deixaram que ela embarcasse. Sozinha e abandonada pelo pai do bebê, Eva deu à luz em Marselha. Sem condições para sustentar seu filho, ela o colocou em uma casa para crianças judias refugiadas em Limoges, quando ele tinha um ano de idade.

Presa durante uma perseguição no sul da Franç,a em janeiro de 1943, Brigitte foi deportada para Sobibor, onde pereceu. Seu filho sobreviveu e, em 1945, foi levado à área do Mandato Britânico conhecida pelo nome romano de Palestina.