Testemunho

Renee Schwalb Fritz descreve sua experiência como criança judia escondida em um convento católico

 

Em 1939, o pai de Renée havia ido viver nos EUA. Antes que Renée e sua mãe pudessem juntar-se a ele, elas tiveram que fugir para a Bélgica para escapar da repressão contra os judeus na Áustria. Em 1940, os alemães ocuparam a Bélgica. Renée refugiou-se em um convento por dois anos, até que os alemães começaram a suspeitar da sua situação. O movimento de resistência levou Renée para a fazenda de uma família protestante, e depois para um orfanato. Após o fim da Guerra, ela conseguiu reunir-se à sua mãe, que havia sobrevivido a Auschwitz. Cinco anos mais tarde eles se uniram a seu pai nos EUA.

Transcrição

  • US Holocaust Memorial Museum Collection
Ver detalhes arquivísticos

Thank you for supporting our work

We would like to thank Crown Family Philanthropies and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.