Testemunho

Steven Springfield descreve a marcha da morte que partiu do campo de Burggraben, parte do sistema de campos de Stutthof, em 1945

Os alemães ocuparam Riga em 1941 e confinaram os judeus locais em um gueto. No final de 1941, cerca de 28.000 judeus do gueto foram massacrados pelos nazistas na floresta de Rumbula. Steven e seu irmão foram enviados a um pequeno gueto para homens fisicamente capazes [de trabalhar como escravos]. Em 1943, Steven foi deportado para o campo de Kaiserwald e enviado a um campo de trabalho [escravo] próximo. Em 1944, ele foi transferido para Stutthof e forçado a trabalhar em uma empresa de construção de navios. Em 1945, Steven e seu irmão sobreviveram a uma marcha da morte e foram libertados pelas forças soviéticas.

Transcrição

A ordem chegou e tivemos que deixar o campo porque os russos estavam se aproximando [e os alemães queriam escapar levando consigo os prisioneiros]. Era o inverno de 1944-45. O clima era ruim, estava muito, muito frio. Fomos levados a pé, marchando pelo interior da Alemanha. Estava frio. Estava nevando. Meu irmão mal conseguia andar. Eu o ajudava o máximo que podia mas, o esforço era tal que em um dado momento ele implorou para que eu o abandonasse. Ele dizia: "Não me ajude mais, deixe-me morrer. Eu não posso, realmente não consigo aguentar mais. Eu quero morrer. Deixe-me aqui". Mas eu sabia que se eu o abandonasse, ele seria imediatamente morto a tiros ali mesmo. As pessoas que não conseguiam acompanhar a marcha eram prontamente assassinadas a tiros. Conforme andávamos pela estrada, víamos corpos caídos por todos os lados pois era aquela era realmente uma marcha da morte. Eu não podia desistir, eu simplesmente não podia abandonar meu irmão ali. Eu o carreguei, eu o carregava com muita dificuldade, eu o puxava, e ia conversando com ele. Eu dizia: "Não estamos tão longe da salvação. Não desista agora, você não pode desistir agora!". De alguma maneira, não sei como, consegui carregá-lo até o próximo campo, um lugar chamado Gottendorf, no leste da Pomerânia.


  • US Holocaust Memorial Museum Collection
Ver detalhes arquivísticos

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.