Filme

Goebbels declara que os judeus destruirão a cultura ocidental

Este filme mostra Joseph Goebbels, ministro nazista encarregado da propaganda e educação pública, discursando no Congresso do Partido Nazista em setembro de 1935, em Nuremberg. No discurso, Goebbels – um anti-semita fanático – fez um paralelo entre o bolchevismo e todo o povo judeu, dizendo aos membros do Partido que existia uma conspiração judaica internacional para destruir a civilização ocidental. Goebbels liderou a remoção da influência judaica e de outras denominadas "não-alemães" das instituições culturais da Alemanha nazista. [Bolshevismo = movimento político que deu origem ao Partido Comunista da União Soviética, seus membros eram a elite revolucionária da classe operária russa].

Transcrição

Enquanto o Nacional Socialismo [nazismo] trouxe uma nova versão e uma nova formulação da cultura européia, o Bolchevismo é a declaração de guerra dos sub-humanos liderados pelos judeus do mundo inteiro contra a própria cultura. Ele não é apenas anti-burguês, ele é anti-cultural. Na verdade, ele significa a destruição absoluta de todos os avanços econômicos, sociais, políticos, culturais e civilizacionais desenvolvidos pelos cidadãos ocidentais, [o bolshevismo veio] para beneficiar um grupo internacional de conspiradores nômades e sem raízes, que encontraram sua representação nos judeus.


Tags


  • Bundesarchiv Filmarchiv
Ver detalhes arquivísticos

Está página também está disponível em

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.