Gitla Zoberman

Gitla Zoberman

Data de Nascimento: March 11, 1917

Sandomierz, Polônia

Gitla foi a penúltima filha de quatro meninas nascidas da união de um casal de judeus religiosos. A família se estabeleceu em Sandomierz, uma cidade predominantemente católica às margens do rio Vístula. Seu pai era dono de uma pequena livraria situada em frente à prefeitura, e lá vendia textos escolares e romances. Gitla frequentou a escola pública antes de se matricular na escola secundária católica para moças. No inverno, Gitla gostava de patinar nas águas congeladas do Vístula.

1933-39: Em 1937, mudei-me para Katowice, uma cidade grande na fronteira da Polônia com a Alemanha, onde matriculei-me em uma faculdade de administração e vivia com minha irmã Hana, a qual trabalhava como farmacêutica. Em agosto de 1939, ouvimos sobre a iminente invasão da Polônia pelos alemães. Hana e eu decidimos então retornar para Sandomierz, onde acreditávamos ser mais seguro. Em 1º de setembro de 1939, os alemães invadiram a Polônia. Duas semanas depois, eles ocuparam Sandomierz.

1940-44: Após um ano no campo de trabalhos escravos de Pionki, meu pai e eu conseguimos fugir para Varsóvia. Minha irmã Irene, [cujos traços faciais faziam com que os nazistas pensassem que ela era] ariana e que falava o polonês muito bem, conseguiu se fazer passar por cristã e organizou nossa vinda para a cidade, auxiliada por um polonês que ela havia contratado. Em Varsóvia, eu ficava trancada no apartamento de Irene enquanto ela trabalhava. Depois de tingir de louro meu cabelo escuro, consegui um emprego lavando louças. Eu tinha uma identidade falsa e usava uma cruz. No entanto, meu disfarce foi desmascarado. Um rapaz que passava no bonde elétrico [OBS: meio de transporte urbano sobre trilhos] apontou para mim e gritou "Kike", um insulto para os judeus. Depois disto, jamais tornei a sair do apartamento.

Gitla foi deportada para os campos de Stutthof e Gross-Rosen antes de ser libertada pelas forças soviéticas em janeiro de 1945. Suas irmãs, sua mãe e seu pai também sobreviveram à Guerra.

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.