Israel Cendorf

Israel Cendorf

Data de Nascimento: May 19, 1902

Lodz, Polônia

Israel nasceu no seio de uma família hassídica [OBS: grupo místico judaico do leste europeu] em Lodz, na Polônia. Seus pais queriam que ele se tornasse rabino. Israel, porém, se rebelou e aprendeu sozinho o ofício de tipógrafo aos 16 anos de idade. Israel lia constantemente e aprofundava sua simpatia pela luta dos trabalhadores; logo começou a compor suas próprias músicas revolucionárias. Seu primeiro livro de poemas, "The Red Agenda" (A Agenda Vermelha), foi muito bem recebido.

1933-39: Em 1933, ano em que Hitler tornou-se chanceler da Alemanha, Israel se mudou para Paris. A cidade, contudo, estava arruinada pelo desemprego, e os imigrantes judeus corriam o perigo constante de serem deportados. Para sustentar sua família, Israel vendia madeira de porta em porta. Ao mesmo tempo, continuava a escrever. Israel ingressou no Sindicato dos Escritores e passou a escrever para a New Press.

1940-44: Os alemães ocuparam Paris em junho de 1940. Israel foi um partisan durante 11 meses, lutando junto à resistência anti-fascista, até ser preso e deportado para Pithiviers, um campo de trânsito com 2.000 judeus. Lá, ele ajudou a organizar a resistência, promoveu noites culturais e continuou a escrever. Israel ia de barraca em barraca, lendo seus poemas para os demais prisioneiros. Um desses poemas, "Our Courage Is Not Broken" (Inabalável é nossa coragem), era cantado como hino [proibido] do campo: "Implacável é nossa coragem/Quão admirável e bela é a vida..." Em maio de 1942, Israel foi colocado em um comboio para Auschwitz.

Israel morreu em Auschwitz. Muitos prisioneiros de Pithiviers cantavam sua canção "Implacável é nossa coragem" enquanto caminhavam para a morte nas câmaras de gás.