Testemunho

Abraham Bomba Descreve as Câmaras de Gás em Treblinka

Abraham foi criado em Czestochowa, na Polônia, e tornou-se barbeiro. Ele e sua família foram deportados do gueto de Czestochowa para o campo de extermínio de Treblinka em 1942. Em Treblinka, Abraham foi selecionado para o trabalho escravo.  Ele era obrigado a cortar o cabelo das mulheres antes que elas fossem levadas para a câmara de gás e ele também separava as roupas dos transportes que chegavam. Abraham escapou do campo em 1943 e conseguiu voltar para Czestochowa. Ele trabalhou em um campo de trabalho forçado de junho de 1943 até sua libertação pelas tropas soviéticas em 1945.

Transcrição

E agora eu quero contar, quero contar para vocês sobre aquilo... a câmara de gás. Era, eles já me perguntaram sobre isso. A câmara de gás, como ela parecia. Bem simples. Era toda de concreto. Não tinha janelas. Não tinha nada dentro. Perto de lá, sobre a sua cabeça, tinha fios, e parecia, sabe, que a água ia sair por ele. Tinha duas portas. Portas de aço. De um lado e do outro. As pessoas entravam na câmara de gás por um lado. Como eu, eu estava nela, fazendo o serviço como barbeiro. Quando a câmara de gás estava cheia, o tamanho dela era... eu diria de 18 por 18, ou 18 por 17, eu não medi na época, é o que parecia, eu olho aqui ao meu redor, eu não sei dizer exatamente o tamanho dessa sala. E eles colocavam o máximo de pessoas que conseguiam. As pessoas não podiam ficar de pé com as as mãos pra baixo porque não tinha espaço suficiente, mas quando as pessoas levantavam a mão assim, tinha mais espaço para cada um. E além disso, eles jogavam crianças, de 2, 3, 4 anos, em cima deles. E nós saíamos. A coisa toda levava, eu diria, entre cinco e sete minutos. A porta se abria, não pelo lado que eles entraram, mas pelo outro lado e do outro lado, havia o... o grupo de... as pessoas trabalhando em Treblinka número 2, e o trabalho deles era só com pessoas mortas. Eles retiravam os cadáveres. Alguns mortos e alguns ainda vivos. Eles os arrastavam até as covas e lá cobriam eles. Grandes covas e eles cobriam eles. Esse foi o começo de Treblinka.


Tags


  • US Holocaust Memorial Museum Collection
Ver detalhes arquivísticos

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.