Filme

Os Estados Unidos entram na Segunda Guerra Mundial

Parte do discurso feito pelo presidente dos EUA, Franklin D. Roosevelt, no dia seguinte ao ataque-surpresa japonês contra Pearl Harbor [em território norte-americano]. Ele urgiu que o Congresso dos EUA declarasse guerra ao Japão.

Transcrição

Ontem, dia 7 de dezembro de 1941, data que ficará marcada pela infâmia, os Estados Unidos da América foram atacados, repentina e deliberadamente, pelas forças navais e aéreas do império japonês. Os Estados Unidos mantinham uma relação de paz com aquela nação e, por solicitação do próprio governo japonês, estavam mantendo conversações com seus dirigentes e o com seu imperador, visando à manutenção da paz no [Oceano] Pacífico. Na realidade, uma hora após os esquadrões aéreos japoneses haverem iniciado o bombardeio da ilha americana de Oahu, o embaixador japonês nos Estados Unidos, juntamente com outro funcionário japonês graduado, entregaram ao nosso Secretário de Estado uma resposta formal a uma recente mensagem americana. O Japão, no entanto, [ao invés de manter a paz, conforme havia sido combinado entre os dois países] efetuou uma ofensiva surpresa na área do Pacífico. Os acontecimentos de ontem e de hoje falam por si mesmos. A população dos Estados Unidos já formou sua opinião e entende as implicações daqueles atos para a vida e a segurança da nossa nação. Com confiança nas nossas forças armadas e na determinação ilimitada do nosso povo, chegaremos ao inevitavel triunfo. Que Deus nos ajude [aplausos]. Peço que o Congresso declare que, a partir do ataque covarde e deliberado do Japão, ocorrido no domingo, dia 7 de dezembro de 1941, seja declarado o estado de guerra entre os Estados Unidos e o império japonês.


Tags


  • National Archives - Film

Dividir

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.