Testemunho

Niels Bamberger descreve a invasão da Dinamarca pelos alemães em 1940

Niels foi criado dentro de uma família judia muito religiosa. Em 1932 eles todos fugiram para Copenhague, na Dinamarca, e em meados da década de 30 o pai de Niels abriu um antiquário. Os alemães invadiram a Dinamarca em abril de 1940, mas para Niels muito pouco pareceu mudar durante os três anos sob ocupação. Quando tomaram conhecimento dos planos dos alemães para prender os judeus locais em outubro de 1943, Niels e sua família decidiram fugir. Um membro da resistência os levou para a vila pesqueira de Snekkersten, de onde eles conseguiram fugir de barco para a Suécia. Niels retornou à Dinamarca em maio de 1945.

Transcrição

Nós estávamos na escola naquele dia. Vimos muitos e muitos aviões, aviões de bombardeio vindo um após o outro--eu digo centenas e centenas de aviões chegando, e alemães em motocicletas, cavalos, puxando canhões e muitos tanques enormes por toda parte. Não demorou mais que algumas horas até eles conseguissem dominar o país. Como eu disse, não havia como os dinamarqueses resistirem. A Dinamarca é um país muito pequeno. E, hum, a vida continuou como antes, com a exceção de que você não podia andar de um lado da rua, na frente do banco. Eles colocavam soldados com, hum, armas e, e capacetes de aço e coisas como essas na frente dos bancos, hotéis e instituições importantes que eles queriam proteger. Mas, além disso, nada aconteceu realmente. A polícia dinamarquesa funcionava e o exército estava...apesar de eles estarem lá, eles não tinham muito o que fazer ou dizer, mas, hum, todos eles estavam...a vida continuou a seguir como era antes.


  • US Holocaust Memorial Museum Collection
Ver detalhes arquivísticos

Thank you for supporting our work

We would like to thank The Crown and Goodman Family and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.