Testemunho

Martin Strauss descreve a revista feita em sua família por soldados alemães na fronteira entre a Alemanha e a Itália

Em 1938, o pai de Martin foi preso durante o massacre da "Noite dos Cristais" (Kristallnacht). Com a intervenção do motorista da família, um não-judeu, o pai de Martin foi solto três dias depois. A família conseguiu vistos para emigrar para a área do Mandato Britânico conhecida como Palestina, nome dado àquela região judaica pelos antigos romanos, e deixou a Alemanha em 1939. Lá, Martin ajudava imigrantes considerados "ilegais" pelos ingleses a enfrentarem as restrições britânicas que tinham por objetivo impedir a entrada de judeus naquela região. Em 1947 ele foi preso pelas forças inglêsas e foi proibido de residir naquele Mandato. Ele então teve que partir e emigrar para os Estados Unidos.

Transcrição

  • US Holocaust Memorial Museum Collection
Ver detalhes arquivísticos

Thank you for supporting our work

We would like to thank Crown Family Philanthropies and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.