Retornar ao artigo

Testemunho

Sarah (Sheila) Peretz Etons descreve suas experiências como criança que vivia escondida

A Alemanha invadiu a Polônia em 1º de setembro de 1939. Após a ocupação alemã, Sarah (que tinha apenas três anos de idade) e sua mãe foram forçadas a viver em um gueto. Um dia, um policial católico polonês avisou a elas que o gueto seria destruído, e as levou para se esconderem em sua casa. Posteriormente, ele as escondeu em um depósito de armazenamento de batatas e, em seguida, em um galinheiro que ficava em suas terras. Sarah permaneceu escondida lá por mais de dois anos, até que a área foi libertada pelas forças soviéticas. Após a guerra, em 1947, Sarah foi da Europa para Israel e, em 1963 mudou-se para os Estados Unidos.

Transcrição

  • US Holocaust Memorial Museum Collection
Ver detalhes arquivísticos

Thank you for supporting our work

We would like to thank Crown Family Philanthropies and the Abe and Ida Cooper Foundation for supporting the ongoing work to create content and resources for the Holocaust Encyclopedia. View the list of all donors.